Capa

DICA DE LEITURA: AS RS
 

Se a literatura oriental nos é tão distante quando o cálculo quilométrico do Brasil à Muralha da China, mais distantes são os nomes de seu legado contemporâneo, caso de nomes como Mo Yan, Nobel da literatura chinesa, que chega ao Brasil através do livro As Rãs.

Publicado pela Companhia das Letras, o romance aborda as mudanças operadas na China a partir da década de 50, acompanhado períodos como A Grande Fome e a Revolução Cultural, até os desdobramentos atuais do capitalismo. A trama é construída a partir do olhar de um garoto da zona rural do país que, após desventuras escolares, torna-se um proeminente escritor.

Mezzo biográfico, mezzo histórico, As Rãs traz como pontos mais altos de sua estrutura a linguagem poética e a exuberante atmosfera plástica desenhada por Mo Yan, cujas comparações a Gabriel Gacia Márquez pelo universo fantástico a que estão sintonizados não são mera especulação, mas evidências inquestionáveis da construção de um universo paralelo às grandes transformações por que sofreu o país no curso das últimas décadas.

 

AS RÃS - MO YAN

COMPANHIA DAS LETRAS

496 PÁGINAS - 2015

 
 
rádio x

te joga!
Cadastre-se aqui que você só tem a ganhar: promoções, convites e loucurinhas...
Nome:
E-mail:

 
Busca